http://www.fides.org

Ciência e Medicina

2004-04-16

EUROPA/ITÁLIA - Vacina ítalo-africana para deter o vírus da Aids entre as crianças

Roma (Agência Fides) - Uma vacina para evitar a transmissão do vírus da Aids de mãe para filho através do leite materno. Foi elaborada por cientistas da Universidade de Tor Vergata (Roma), em colaboração com três centros africanos (Burkina-Fasso, camarões e Costa do Marfim). A vacina está pronta para ser testada clinicamente.
“Muitas vezes, as crianças nascem soronegativas - explicou o médico imunologista Vittorio Colizzi, em uma palestra na Universidade de Tor Vergata sobre Transferência tecnológica em biomedicina nos países em desenvolvimento. Graças aos medicamentos assumidos pelas mães durante a gravidez e à cura pós-parto, mas correm o risco de se infectar com o vírus durante a amamentação”.
Daí a importância de desenvolver uma vacina pediátrica capaz de limitar a transmissão do vírus, nos primeiros meses de vida. A vacina prevê uma só dose aos recém-nascidos de mãe soropositiva, no primeiro dia de vida, junto à vacina antituberculose. Sua eficácia é comprovada em breve tempo. De fato, é possível verificar, logo após a amamentação, ou seja, 6 meses, a soronegatividade das crianças.
Atualmente, está se verificando a capacidade de algumas estruturas africanas de produzir a vacina in loco. O objetivo é realizar um produto totalmente africano, estudado para combater os tipos específicos de vírus da África, e com custos razoáveis. (AP) (16/4/2004 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network