http://www.fides.org

America

2004-03-25

AMÉRICA/PERU - “Denunciar e lutar contra todos os perigos que ameaçam a existência das crianças por nascer”: a exortação da Comissão Episcopal da Família, para o Dia Nacional da Criança por nascer

Lima (Agência Fides) - “Todos os cristãos devem assumir a consciência de sua responsabilidade, no âmbito da defesa da vida, em todas as suas fases, empenhando-se em denunciar e lutar contra todos os perigos que ameaçam a existência das crianças por nascer”. Essa é a exortação contida na Mensagem da Comissão Episcopal da Família da Conferência Episcopal do Peru. A mensagem foi difundida por ocasião da celebração do Dia Nacional da “Criança por nascer”. O Dia se celebra a cada ano, em 25 de março, dia da festa litúrgica da Anunciação do Senhor, que comemora a Encarnação do Filho de Deus e o início de sua vida humana. Tal exemplo deve estimular os fiéis a empenhar-se na defesa da vida, desde a sua concepção, até a sua morte natural.
Nesse sentido, a Mensagem destaca “a obrigação dos católicos de respeitar e defender a vida do nascituro, ameaçada nos dias de hoje por fatos e políticas abomináveis, como o aborto legalizado e os anticoncepcionais, promovidos maciçamente como políticas sanitárias reprodutivas”. Ainda nesse contexto, o Centro de Promoção Familiar e de Controle da Natalidade (CEPROFARENA) lançou esse mês o programa de “Adoção espiritual de uma criança por nascer, com risco de ser abortado”. A finalidade é fazer com que os fiéis se empenhem em rezar por estas crianças, e difundir um maior conhecimento do desenvolvimento pré-natal, que leve a valorizar, respeitar e defender a vida em todos os seus estágios. (R.Z.) (Agência Fides 25/3/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network