http://www.fides.org

Asia

2009-11-19

ÁSIA/CHINA - A família, tema importante na tradição cultural chinesa, também está no centro da atenção pastoral da comunidade católica

Tian Jin (Agência Fides) – A família é um dos temas importantes na tradição cultural chinesa, e também está sempre no centro da atenção pastoral da comunidade católica. Na realidade, a comunidade católica serve-se de qualquer circunstância e de qualquer festа, como as festas para os idosos, para os casais (uma espécie de São Valentino chinês) e a comemoração dos mortos para realizar iniciativas pastorais e de evangelização voltadas para a família, sem, naturalmente, deixar de lado as necessidades das famílias da comunidade cristã.
Entre essas iniciativas, que a Agência Fides teve notícia, citamos a da Catedral da diocese de Tian Jin, onde alguns fiéis idosos estavam muito preocupados com o seu futuro e de dos seus filhos, no que diz respeito à vida cristã. Os motivos eram vários: seja porque a sociedade moderna, com os seus ritmos estressantes, muitas vezes distanciou os seus filhos da fé, ou também porque os idosos sozinhos não possuem nenhum parente que se preocupe em fazer com que recebam os sacramentos no momento do fim de sua vida terrena. Sendo assim, após a sua morte, quem cuidaria da fé de seus filhos menos praticantes? Assim, em 2005, a comunidade católica da Catedral formou um grupo composto atualmente por 297 paroquianos que se ocupam de tudo isso: visitam as famílias ou os idosos sozinhos com essas necessidades, rezam com eles e em suas intenções, organizam o ritual fúnebre religioso, aproximam os filhos ou os parentes que se distanciaram da fé para trazê-los de volta à vida da Igreja.
Outra iniciativa dirige-se aos jovens casais. “A família cristã seja também testemunha da fé” é a convicção da paróquia de Xiao Dian, da diocese de Tai Yuan, da província de Shan Xi, que organiza periodicamente encontros de jovens às vésperas do matrimônio. O sexto encontro foi concluído nos últimos dias, com a participação de mais de 200 jovens. O Decano do Seminário Maior de Shan Xi assumiu a direção espiritual, ilustrando o “ponto de vista da Igreja sobre o matrimônio” à luz de um trecho do livro de Sirácida (36, 21-27). Além disso, todos, ao lado dos jovens casais, invocaram a intercessão e a proteção de Nossa senhora para as suas famílias. (NZ) (Agência Fides 19/11/2009)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network