http://www.fides.org

Asia

2009-11-19

ÁSIA/VIETNAM - Mais de 250 milhões de crianças vacinadas e quatro milhões de mortes evitadas devido à intensificação das ações de imunização nos últimos 10 anos

Hanoi (Agência Fides) – Foi divulgado em Hanoi, Vietnam, antes do GAVI Partners’ Forum, que reuniu 400 participantes provenientes de todo o mundo, entre os quais ministros da saúde, doadores, representantes da sociedade civil e da indústria, pesquisadores e especialistas de desenvolvimento, que, no mercado das vacinas, o preço de uma das principais vacinas combinadas, chamada de pentavalente, baixou consideravelmente, o que permitiu vacinar milhões de crianças a mais nos países em desenvolvimento. Novos dados apontam que, até o final de 2009, mais de quatro milhões de mortes prematuras provocadas pela coqueluche, Haemophilus influenza do tipo b (Hib) e hepatite B foram evitadas. A pentavalente é geralmente considerada o padrão de referência para a imunização das crianças pois dá proteção contra cinco doenças: Hib (Haemophilus influenza de tipo b), difteria, coqueluche, tétano e hepatite B.
O modelo operacional proposto pelo GAVI baseia-se na expectativa de que a questão crescente de vacinas nos países em desenvolvimento leve a um número maior de empresas a produzir vacinas, gerando, assim, a concorrência e provocando uma queda de preços. O sucesso desse modelo é evidente de acordo com os dados. Em 2001 havia somente uma empresa que produzia a vacina pentavalente, e agora há quatro. Duas delas são indianas e os seus produtos chegaram ao mercado em 2008. Atualmente, são 500. Os especialistas da área de saúde consideram que a queda de preço da vacina pentavalente possa ter um impacto também em outros países. Considera-se, por exemplo, que muitos países de renda média adotarão a vacina pentavalente, agora que o seu preço parece destinado a ficar abaixo dos 3 dólares norte-americanos para os países mais pobres.
Na reunião de Hanoi, Mary Robinson, Presidente do Conselho de Administração de GAVI, destacou que, apesar dos progressos realizados na área da cobertura de vacinação e, apesar da queda dos preços, mais de 20 milhões de crianças no mundo ainda não têm acesso às vacinas básicas que salvam vidas. O GAVI Alliance é uma parceria entre entes públicos e privados, com sede em Genebra, que tem por objetivo melhorar a saúde nos países mais pobres. Reúne países em desenvolvimento e países doadores, a Organização Mundial da Saúde, a UNICEF, o Banco Mundial, a indústria das vacinas dos países industrializados e dos países em desenvolvimento, instituições técnicas e de pesquisa, organizações não-governamentais e outros benfeitores privados. Fornece vacinas salva-vidas e contribui para fortalecer os sistemas de saúde. (AP) (19/11/2009 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network