http://www.fides.org

Vaticano

2009-11-19

VATICANO - Bento XVI recebeu o presidente do Burundi e o primeiro-ministro de Bangladesh: na conversa reiterada a importância do diálogo e do respeito pelos direitos humanos, além da contribuição da Igreja na promoção humana

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – Na tarde de 17 de novembro o Santo Padre Bento XVI recebeu o presidente do Burundi, Pierre Nkurunziza. Sucessivamente o presidente burundinês teve uma conversa com o Cardeal Tarcisio Bertone, Secretário de Estado, que estava acompanhando pelo Arcebispo Dominique Mamberti, Secretário das Relações com os Estados. Segundo o comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé, nos encontros foram tocados argumentos de interesse comum como a importância do diálogo e o respeito pelos direitos humanos como elementos fundamentais para construir uma sociedade sólida e orientada ao bem-estar de todos os seus membros. Foi reiterado o compromisso da Igreja em oferecer a sua contribuição ao desenvolvimento integral do Burundi, no campo espiritual, como também educacional, sanitário e sócio-humanitário. A este propósito foi falado sobre um Acordo Quadro que defina e garanta o estatuto jurídico da Igreja e a sua atividade no país.
No final da audiência geral de 18 de novembro, o Santo Padre Bento XVI recebeu o primeiro-ministro da República Popular de Bangladesh, Srª Sheikh Hasina, que sucessivamente, se encontrou como o Cardeal Tarcisio Bertone, Secretário de Estado, acompanhado pelo Arcebispo Dominique Mamberti, Secretário das Relações com os Estados. No decorrer da conversa foram trocadas opiniões sobre a situação atual de Bangladesh, sobre os desafios principais que o esperam e sobre os esforços em promover uma sociedade sempre mais aberta e que respeite os direitos humanos de todos os cidadãos. Além disso, com referência aos contatos regulares entre as autoridades civis e eclesiásticas, foi falado ainda sobre a ajuda positiva e apreciada da Igreja Católica na promoção humana e na vida social do país, por meio de suas atividades educacionais, sanitárias e assistenciais. (S.L.) (Agência Fides 19/11/2009)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network