http://www.fides.org

Africa

2004-02-27

ÁFRICA/NIGÉRIA - Confrontos no Estado de Plateau. Pelo menos 48 pessoas mortas dentro de uma Igreja protestante

Jos (Agência Fides)- Pelo menos 48 pessoas, entre elas mulheres e crianças, morreram ontem, 26 de fevereiro, na Igreja da comunidade protestante COCIN (Church of Christ of Nigeria) de Yelwa, quando um grupo de homens armados invadiu o templo, assassinando indiscriminadamente os presentes. Este é o episódio mais cruel dos violentos confrontos que se sucedem há duas semanas no Estado nigeriano de Plateau, na Nigéria central. Até então, os combates provocaram pelo menos uma centena de mortos, e milhares de desabrigados. Fontes da Igreja local contatadas pela Agência Fides afirmam que um grupo de homens armados “bem organizado e dotado de armamentos sofisticados” assaltou diversos vilarejos em uma vasta área do Estado. De fato, são pelo menos quatro os distritos atingidos pelas violências. “Recolhemos testemunhos que afirmam que os assaltantes não são habitantes da região, e que se trata de uma operação planificada com cuidado”, afirmam as fontes da Fides. “Os agressores pareciam agir de maneira coordenada e vestiam uma espécie de uniforme preto.”
O Exército enviou reforços para o Estado e instituíram patrulhas e postos de controle na cidade de Yelwa.
O Estado de Plateau já foi palco de violentos confrontos nos anos passados. Mais de mil pessoas foram mortas em 2001 em agressões entre cristãos e muçulmanos. Em 2002, os confrontos provocaram centenas de vítimas. Entre as causas das violências, não existem somente rivalidades éticas ou religiosas, mas principalmente lutas pelo controle dos pastos e reivindicações por roubo de gado. (L.M.) (Agência Fides 27/2/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network