http://www.fides.org

Africa

2004-02-10

ÁFRICA/ RD CONGO - No site da Fides as fotos da entrega das armas à ONU por parte do ex-governador de Bukavu, no leste do Congo. Todos os detalhes da operação de desarmamento

Bukavu (Agência Fides)- Gesto de abertura por parte de Xavier Chiribanya, ex-governador do Sul de Kivu (leste da República Democrática do Congo), que foi suspenso do seu cargo em 7 de fevereiro passado (veja Fides 9 de fevereiro). O ex-governador entregou uma grande quantidade de armas e munições a Shari Sharif, responsável pela MONUC (Missão de Observação das Nações Unidas no Congo). Segundo informações enviadas à Agência Fides pela Radio Maria Malkia wa Amani, a entrega ocorreu no dia 9 de fevereiro, às 10h locais, na residência do ex-governador de Nyofu, com a presença do Comandante adjunto do 10° batalhão militar, responsável pelo Sul de Kivu.
O representante da MONUC, confiando as armas aos soldados governamentais, declarou-se satisfeito e afirmou que “continuará sua colaboração com os militares da região”.
No momento da entrega das armas, o ex-governador declarou-se vítima de uma injustiça. Segundo Radio Maria Malkia wa Amani, homens em divisa saquearam as casas do ex-governador.
Em Bukavu, existem muitas armas escondidas nos diversos bairros da cidade. Desde o mês de novembro, quando circularam vozes sobre a retomada da guerra civil, a MONUC foi contatada pelos habitantes preocupados e a missão da ONU foi informada da presença de grande quantidade de armas nas habitações civis.
No mesmo momento da cerimônia de entrega das armas, estava prevista uma manifestação de estudantes das escolas do ensino fundamental, mas foi suspensa no último instante sem mais informações.
Segundo Radio Maria Malkia wa Amani, “Bukavu pode respirar, mas os habitantes da cidade devem estar muito atentos. Enquanto houver armas escondidas, o perigo está sempre presente, não importa por qual razão”.
(L.M.) (Agência Fides 10/2/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network