http://www.fides.org

Europa

2004-02-09

EUROPA/ITÁLIA - Apelo dos leigos franciscanos pela paz na Terra Santa: “A Europa não pode ficar somente observando” – Pelo segundo ano, o lançamento da iniciativa “Colore as praças de paz” para sensibilizar os jovens

Roma (Agência Fides) – “Vamos todos agir para dar força à esperança! A paz permanece possível. E se é possível, é um dever!” Este é o apelo lançado pelos franciscanos na Itália que, “sensibilizados com as tantas guerras que ferem a humanidade”, pretendem “chamar a atenção da opinião pública para o conflito na Terra Santa, porque este se transformou em um triste emblema pela intensidade e pelos modos com os quais é combatido”. O apelo, enviado no início do mês de fevereiro ao Presidente da República Italiana, Carlo Azeglio Ciampi, ao Premiê, Silvio Berlusconi e ao Presidente da Comissão Européia, Romano Prodi – e que foi enviado à Agência Fides – destaca que o conflito na Terra Santa “abre um curto circuito destrutivo” e que “representa a imagem da impotência do uso da força”.
O texto afirma: “Lutar pela paz significa lutar pela convivência civil, porque paz significa verdade e justiça, e oferece a solução aos problemas de uma vida decorosa em liberdade, segurança e no reconhecimento da dignidade da pessoa contra qualquer tipo de manipulação”.
Os franciscanos seculares escrevem às instituições nacionais e européias “para dizer que a Europa não pode somente ficar observando, mas tem o dever de superar a falta de vontade política, intervindo com decisão para alcançar o acordo de paz entre Israel e Palestina. Por isso, nos sentimos testemunhas responsáveis seja na oração, como nas iniciativas públicas de sensibilização e no apoio vigilante da ação diplomática dos governos”.
“Para resolver o conflito entre israelenses e palestinos – continua o apelo – é indispensável a intervenção dos organismos internacionais no pleno respeito do direito internacional e das resoluções da Onu.” Superando a lógica das represálias, “é preciso dizer que os Palestinos têm direito à liberdade, à segurança e à dignidade assim como os Israelenses, e os dois povos têm direito ao desenvolvimento das respectivas sociedades e de todos os seus membros”, relançado o apelo do Papa: “A Terra Santa não precisa de muros, mas de pontes!”.
Além do apelo, será realizado em toda a Itália no dia 15 de fevereiro 2004, pelo segundo ano consecutivo, o Dia “Colore as praças de paz”: centenas de jovens vão levar às praças italianas grandes desenhos e faixas sobre o tema da paz, procurando chamar a atenção da opinião pública para a dramática situação da Terra Santa.(PA) (Agência Fides 9/2/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network