http://www.fides.org

Europa

2004-02-09

EUROPA/ALEMANHA - “Uganda: Uma guerra esquecida pelo mundo”. Os líderes religiosos pedem apoio ao governo e às Igrejas na Alemanha para acabar com um conflito que dura 18 anos

Aachen (Agência Fides) – De 9 a 13 de fevereiro os Presidentes da “Acholi Religious Leaders’ Peace Initiative” (ARLPI), o Arcebispo de Gulu (no norte de Uganda), Dom John Baptist Odama, e o Bispo anglicano, Ameda Mollo Ochola II, estarão em visita à Alemanha a convite da Direção Nacional das Pontifícias Obras Missionárias “missio Aachen”. Em uma série de encontros programados, os líderes religiosos vão ser recebidos por políticos alemães e pelos representantes das Igrejas, para ilustrar a situação atual no norte de Uganda e pedir apoio na busca de uma solução pacífica para o conflito que há 18 anos opõe os rebeldes do Lord Resistance Army (LRA) ao Exército regular.
O LRA tem uma ideologia baseada no sincretismo religioso, misturando elementos do cristianismo e do islamismo com elementos das religiões tradicionais africanas. Por esse motivo, os líderes religiosos da região estão ativamente empenhados em tratar com os líderes da guerrilha para alcançar a paz. Se a dimensão religiosa é somente um dos aspectos do conflito, ainda mais importante é a dimensão étnica. Formado em grande parte pela etnia Acholi, o LRA combate desde 1986 contra o atual Presidente Yoweri Museveni, que tomou o poder em 1986 derrubando uma junta militar formada principalmente por oficiais Acholi. Os militares reformados desta etnia, que se refugiaram no Sudão, criaram diversos movimentos de guerrilha, muitos dos quais aderiram ao LRA.
Os motivos e o significado da visita serão ilustrados no decorrer de uma coletiva de imprensa a ser realizada no dia 10 de fevereiro, em Berlim, da qual participarão, além do Arcebispo católico e do Bispo anglicano, o Diretor nacional das Pontifícias Obras Missionáras, Pe. Hermann Schalück ofm, e os responsáveis pela seção “África” e pela seção “Direitos do homem” da missio Aachen. (MS) (Agência Fides, 9/2/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network