http://www.fides.org

Dossiê

2008-02-16

Instrumentum mensis Januarii pro lectura Magisterii Summi Pontificis Benedicti XVI pro evangelizatione in terris missionum

Com a celebração em São Pedro da Santa Missa na Solenidade de Maria SS.ma Mãe de Deus, na ocasião do 41º Dia Mundial da Paz, o Santo Padre Bento XVI santificou o primeiro dia do novo ano. Na homilia conclamou os fiéis à verdadeira natureza da paz, não uma simples conquista do homem, nem fruto de acordos políticos, mas sim “dom divino a ser implorado costantemente”. A tradicional audiência aos Membros do Corpo Diplomático na Santa Sé, na ocasião das saudações pelo novo ano, que aconteceu em 7 de janeiro no Palazzo Apostolico Vaticano, foi, para o Santo Padre, a oportunidade para evidenciar as luzes e sombras da situação mundial: “Não se pode nunca excluir Deus do horizonte do homem e da história. O nome de Deus é um nome de justiça; representa um apelo urgente para a paz”. No dia 10 de janeiro Bento XVI recebeu em audiência os Administradores da Região do Lácio, da Prefeitura e da Província de Roma, apontando-lhes algumas prioridades: emergência educacional, apoio à família fundamentada no matrimônio, aumento da pobreza, punição das instituições de saúde católicas. Em especial, a emergência educacional foi novamente apontada pelo Papa também no dia 21, na Carta à Diocese e à cidade de Roma, e no dia 24, na ocasião da publicação da Mensagem para o 42º Dia para as Comunicações sociais. No dia 17 estava prevista a participação do Santo Padre na inauguração do Ano Acadêmico da Universidade La Sapienza de Roma, à qual o Papa teve que, contra Sua vontade, suspender, enviando o discurso que foi lido na Sua ausência. No dia 19 de janeiro foi publicada a Mensagem do Santo Padre na ocasião do XVI Dia Mundial do Doente. No dia 25, festa da Conversão de São Paulo, o Papa presidiu a Celebração das Vésperas na Basílica Papal de São Paulo fora dos muros, na ocasião da Conclusão da Semana de oração pela unidade dos Cristãos. No dia seguinte, realizou-se a Audiência aos Prelados Auditores, aos Oficiais e aos Advogados do Tribunal da Rota Romana na ocasião da solene inauguração do Ano judiciário. Finalmente, em 30 de janeiro, Papa Bento XVI enviou à Igreja a sua Mensagem para a Quaresma 2008, na qual abordou com especial atenção a prática da esmola que, com o jejum e a oração, caracterizam este período de santificação rumo à Páscoa.

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network