http://www.fides.org

Ciência e Medicina

2008-07-29

ÁFRICA/BURQUINA FASO - Os campos de missão das Filhas de São Camilo em Burquina Faso: hospitais, dispensários, casas para idosos, leprosários

Koupela (Agência Fides) – As Filhas de São Camilo são pouco menos de cem casas e cerca de 900 religiosas em todo o mundo, com noviciados na Itália, Argentina, Brasil, Peru, Colômbia, Índia, Benin, Filipinas e Burquina Faso. Em Burquina Faso a Congregação religiosa, fundada pelo Bem-aventurado padre Luigi Tezza e pela Bem-aventurada madre Giuseppina Vannini em 1892, está presente há mais de quarenta anos. O sonho do Fundador concretizou-se em 1966, quando o Cardeal Paul Zoungrana, Arcebispo de Ouagadougou, convidou os Camilianos para a África, na região de Alto Volta. No mesmo ano, três missionários, com a benção do Papa Paulo VI, chegaram ao país e implantaram os primeiros centros. Em 1967, chegaram as primeiras quatro missionárias das Filhas de São Camilo.
“Nós, Filhas de São Camilo – afirmou a Superiora Geral madre Laura Biondo na sua mensagem de votos pelo 40° aniversário da fundação do Instituto em Burquina Faso, na diocese de Koupela – temos os nossos campos de missão: os hospitais, os dispensários, as casas para idosos, os leprosários, etc. O nosso coração transborda de alegria e não sabe realmente encontrar palavras adequadas para expressar a Deus a nossa gratidão e reconhecimento”.
A espiritualidade das Filhas de São Camilo é testemunhar o amor de Cristo aos enfermos, no ministério espiritual e corporal exercido também com risco de vida. Por isso, as irmãs exercem a tradicional habilidade dos Camilianos na área de saúde, mais do que nunca necessária num país de economia precária e de assistência médica ainda insuficiente, principalmente na zona rural.
Os Camilianos estão presentes em Burquina Faso com o Centro médico de Ouagadougou, uma verdadeira e cidadela de saúde, o Centro médico de Nanoro, equipado de acordo com critérios modernos, o poliambulatório de Kossiam, na zona agrícola, capaz de acolher 200 pessoas por dia.
Além disso, administram um Centro da Pastoral de saúde, criado em 1996 e se tornarão em breve uma referência para toda a Igreja de Burquina.
(A.M.) (Agência Fides 29/7/2008)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network