http://www.fides.org

Vaticano

2004-02-02

VATICANO - O PAPA NO ANGELUS: "O NÚCLEO FAMILIAR, QUE É FRUTO DO MATRIMÔNIO, É A CÉLULA FUNDAMENTAL DA SOCIEDADE. NO SEU INTERIOR, COMO EM UM NINHO ACONCHEGANTE, DEVE-SE PROMOVER, DEFENDER E PROTEGER A VIDA”

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – O tema da vida e da família esteve no centro do discurso pronunciado pelo Santo Padre antes da oração do Angelus no domingo, 1º de fevereiro. Neste primeiro domingo de fevereiro, de fato, celebra-se na Itália o “Dia pela Vida”, que este ano teve como tema “Sem filhos não há futuro”. Citando a Mensagem dos Bispos italianos para a ocasião, o Papa recordou que o documento dá destaque “às múltiplas causas da atual crise de nascimentos”, e os Bispos recordam “que o contexto cultural e social muitas vezes não favorece a família e a missão dos pais”.
João Paulo II destacou a necessidade de mais e orgânicas ajudas concretas às famílias por parte das instituições públicas e o empenho para a proteção da vida: “muitos cônjuges gostariam de ter mais filhos, mas são quase obrigados a renunciar por dificuldades econômicas... O núcleo familiar, que é fruto do matrimônio, é a célula fundamental da sociedade. No interior, como em um ninho aconchegante, deve-se promover, defender e proteger a vida, e este Dia pela Vida lembra a todos este dever fundamental.”
Por fim, o Papa exortou a não se resignar “aos ataques contra a vida humana, e o primeiro de todos é o aborto” e a multiplicar os esforços “para que o direito à vida das crianças ainda não nascidas seja afirmado não contra as mães, mas junto às mães.” Depois da oração mariana, João Paulo II dirigiu sua saudação “aos numerosos jovens imigrantes, provenientes da diocese de Caserta, e a todos aqueles que se empenham em resolver seus problemas, muitas vezes graves, que são causa de tantos sofrimentos e problemas”.(S.L.) (Agência Fides 2/2/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network