http://www.fides.org

Africa

2003-05-30

ÁFRICA/RUANDA - O CARDEAL SEPE ENCONTRA AGENTES DE PASTORAL E SEMINARISTAS: “IGREJA DA RUANDA, SOIS CHAMADA A REINICIAR AS MISSÕES”. UMA MENSAGEM DE ESPERANÇA AOS PRISIONEIROS, CHAMADOS A EMPENHAREM-SE PARA O BEM COMUM

Kigali (Agência Fides) – Prosseguindo a sua visita pastoral em Ruanda, o Cardeal Crescenzio Sepe, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, quinta-feira, 29 de maio, encontrou os agentes pastorais aos quais recomendou uma particular devoção pela Eucaristia como nascente da missão. “ Para formar-nos como autênticos missionários devemos parar diante da Eucaristia, porque o sacrifício eucarístico faz sentir a solicitude da Igreja para com toda a humanidade...O cristão deve viver longos tempos em adoração...O tempo dedicado à adoração eucarística silenciosa é um tempo dedicado a Deus, mas é também o tempo na qual toda a humanidade é santificada e pacificada. A Eucaristia é, portanto, a verdadeira nascente da missão”. O Cardeal Sepe convidou a Igreja da Ruanda “ a partir novamente em missão, a cumprir uma viagem fascinante também se não privada de dificuldades”... “Somos chamados a semear o Evangelho do amor em terrenos tanto férteis como endurecidos, mas o Senhor está conosco. Somos chamados a educar os pequenos e os casais, os jovens e a família, a política e a escola, a liberdade e a justiça, a mulher e o ancião. Virão muitas dificuldades, mas o futuro é pleno de esperança, porque é de Deus”.
Na breve mensagem dirigida aos prisioneiros da prisão central , que visitou na trade de 29 de maio, o Cardeal Sepe destacou: “ o genocídio, além de destruir tantas vidas humanas, dividiu aquele povo, gerou ódio, negou o amor e a fraternidade na vossa sociedade”. Portanto lançou um forte apelo “para que todos se empenhem com sinceridade e amor fraterno, contribuindo para a reconstrução da sociedade ruandês, sob base nos valores espirituais e morais que somente a fé em Cristo pode oferecer. A assídua busca do bem comum, da paz e da unidade do povo ruandês, deve guiar a ação de cada um de vós...Faço votos para que esta prisão torne-se um sinal de nova vida e nova esperança”.
Por ocasião da visita ao Seminário maior filosófico de Kabgayi, o Prefeito do Dicastério Missionário celebrou esta manhã (30 de maio) a Santa missa pelos seminaristas, os educadores e o pessoal. “ O arauto do Evangelho é uma pessoas que está continuamente unida a Cristo. Por isso, ele não pode deixar-se amedrontar por aqueles que não estão em grau de apreciar a sua condição celibatária, porque a sua confiança repousa em Deus – disse o Cardeal. Caros jovens, se estais sinceramente motivados em seguir a Cristo, não haverá motivos de temor em vossa futura vida sacerdotal. Com Deus porém, não se pode brincar, nem fazer-Lhe promessas que não se sabe que não podem ser mantidas. Vos convido por isso a considerar o celibato como parte integrante da vossa vocação”. O Cardeal Sepe destacou a necessidade da oração “humilde e confiante” e exortou os seminaristas com estas palavras: “ Senti-vos hoje e sempre, testemunhas da ressurreição do Senhor Jesus, sede missionários e anunciadores a todos os vossos irmãos ruandeses da presença salvífica de Cristo”.
(S.L) (Agência Fides 30/05/2003; linhas: 39; palavras: 534)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network