http://www.fides.org

Asia

2004-01-26

ÁSIA/ÍNDIA - OS JESUÍTAS DO SUL DA ÍNDIA HÁ 125 ANOS A SERVIÇO DA INSTRUÇÃO DOS JOVENS PARA COMBATER O DESEMPREGO E DIFUNDIR A TOLERÂNCIA

Mangalore (Agência Fides) – O empenho dos jesuítas no setor da instrução, decisiva para a formação das jovens gerações a fim de difundir na sociedade uma cultura de diálogo, pluralismo e tolerância, prossegue há 125 anos em Mangalore (no Estado indiano de Karnataka). Os institutos de educação dos jesuítas festejaram a data traçando um feliz balanço: o serviço ajudou a combater o desemprego e o analfabetismo, favorecendo o crescimento cultural dos jovens no Estado.
O Superior Provincial dos Jesuítas de Karnataka, Pe. Ronnie Prabhu, presidiu as celebrações, das quais participaram também as autoridades civis do Estado e o Ministro da Defesa indiano, George Fernandez. Na sua intervenção, Fernandez, que foi aluno do Colégio jesuíta Sto. Aloísio em Mangalore, recordou que na Índia existem 40 milhões de jovens, com um bom grau de instrução, que estão desempregados, enquanto 1/3 da população indiana ainda é analfabeta. O Ministro parabenizou a obra dos jesuítas que, como destacaram todos os presentes, “mudou o mapa da instrução do país”.
Os jesuítas se estabeleceram em Mangalore em 1878 e dois anos depois abriram o primeiro Colégio, com dois professores e 150 estudantes. Hoje, o Colégio Sto. Aloísio conta 8.000 estudantes provenientes de toda a Índia e também do exterior, vindos de Bangladesh, Tibet, Quênia. O Colégio, disse à Agência Fides o diretor Eugene Lobo, oferece 13 cursos nos campos da administração, das novas tecnologias, das línguas e das ciências sociais, e está programando oferecer algumas especializações e obter o reconhecimento nacional de campus universitário. O Colégio oferece ainda bolsas de estudos para estudantes de famílias pobres. Por ocasião das celebrações pelos 125 anos, o Colégio organizou um seminário sobre biotecnologia e abriu um centro de informações para promover as diversas atividades do instituto.
(PA) (Agência Fides 26/1/2004 Linhas 31 Palavras 319)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network