http://www.fides.org

Asia

2004-01-16

ÁSIA/ÍNDIA - UMA VOZ CATÓLICA NO “WORDL SOCIAL FORUM”: MAIS DE MIL JESUÍTAS PEDEM PAZ, JUSTIÇA SOCIAL, RESPEITO PELA DIGNIDADE E PELOS DIREITOS DA PESSOA

Mumbai (Agência Fides) – Abre-se nesta sexta-feira em Mumbai (ex-Bombaim) o 4° World Social Forum (WSF), que se realiza até o dia 21 de janeiro de 2004. Do evento, participa uma numerosa delegação católica: são 1.350 jesuítas provenientes de todo o mundo, que vieram à cidade indiana para reiterar seu empenho em favor dos excluídos, dos pobres e dos marginalizados - tradicional setor de missão da Companhia de Jesus.
Alguns dos delegados jesuítas estão ativamente envolvidos na organização do WSF e vão guiar os grupos de reflexão, debates e workshops, oferecendo a organizações e movimentos de todo o mundo o específico ponto de vista católico, com as respectivas propostas sobre questões da paz, justiça social, respeito da dignidade e dos direitos da pessoa.
O WSF é o grande encontro mundial que reflete sobre problemas e os desafios da globalização e sobre o impacto que este fenômeno tem em nível social em todo o mundo. Prevê-se a participação de mais de 100 mil pessoas de todo mundo, que vão discutir estratégias para construir um mundo mais justo. Os seis dias do Fórum prevêem encontros públicos, seminários, debates sobre temas da globalização, paz, violência étnica e religiosa, racismo, discriminação de casta ou sexual e exclusão social.
A presença dos jesuítas, de acordo com padre Lisbert D’Souza, Presidente da Conferência dos Jesuítas da Ásia do Sul, foi promovida pelo Apostolado Social da Companhia de Jesus. Os religiosos participantes do WSF provêm dos cinco continentes, todos empenhados em diversos níveis no campo social. O jesuítas indianos vão oferecer sua contribuição sobre os principais problemas e desafios de cada Estado: fundamentalismo e secularismo no Gujarat; a questão dos intocáveis e dos sem-casta em Tamil Nadu e Bihar; o desafios da migração, finanças e comércio em Délhi. Os delegados da Europa, América Latina, Estados Unidos, Ásia e Austrália vão mostrar a dimensão internacional desses problemas.
(PA) (Agência Fides 16/1/2004 Linhas 44 Palavras 468)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network