http://www.fides.org

Asia

2004-01-08

ÁSIA/PAQUISTÃO - ASSASSINADO UM PASTOR PROTESTANTE: SEGUE-SE A PISTA DO EXTREMISMO ISLÂMICO

Islamabad (Agência Fides) – Foi assassinado em 5 de Janeiro, a tiros de arma de fogo, na cidade de Khanewal, Paquistão meridional, o Pastor Protestante Mukhtar Masih, 50 anos, que trabalhava há 14 na pequena cidade. O Pastor estava se encaminhando para a estação ferroviária da cidade, de manhã cedo, para tomar um trem, quando foi agredido por alguns delinqüentes e assassinado a sangue frio. A polícia encontrou seu cadáver abandonado no chão, e o identificou através da carteira de identidade. O fato que não lhe tenha sido roubado nada leva a polícia a pensar em um homicídio de “caráter terrorista”, ou a seguir a pista do extremismo islâmico. Segundo fontes da Igreja local, o Pastor não estava em contraste com ninguém, e não tinha inimigos. Dedicou sua vida ao serviço pastoral no âmbito da comunidade cristã local. Seus funerais foram celebrados no dia 6 de Janeiro, na igreja na qual normalmente oficiava seus ritos, diante de mais de 1000 fiéis, entre os quais vários cristãos católicos e alguns muçulmanos moderados que o estimavam.
Segundo fontes da Igreja local, desde o outono de 2001 ate hoje, mais de 40 cristãos foram mortos e 80 feridos gravemente, em decorrência de ataques extremistas islâmicos. Os cristãos pedem maior proteção por parte do Governo, embora reconheçam o esforço do chefe de Estado, general Pervez Musharraf, no combate ao terrorismo e ao extremismo.
(PA) (Agência Fides 8/1/2004 27 linhas; 288 palavras)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network