http://www.fides.org

Asia

2003-12-22

ÁSIA/CORÉIA DO SUL - UM NATAL DE ALEGRIA E DE CARIDADE EM TODAS AS DIOCESES: INICIATIVAS DE SOLIDARIEDADE GRAÇAS TAMBÉM À CONTRIBUIÇÃO DOS NÃO-CRISTÃOS

Seul (Agência Fides) – A comunidade cristã na Coréia está vivendo um Natal de alegria. Os fiéis compartilham a alegria pelo nascimento de Jesus Cristo com todos, especialmente com as pessoas que sofrem. Segundo informações recolhidas pela Agência Fides, nas diversas dioceses coreanas, muitos grupos paroquiais, movimentos, associações e famílias estão empenhadas em atividades de caridade, nas quais envolveram também muitos não-cristãos, unidos no espírito de compartilha e de solidariedade típicos do Natal. A sociedade coreana, de fato, ressente a distância entre uma parte rica e bem-sucedida da população e uma faixa de desempregados, marginalizados, sem moradia, que aumentou depois da crise econômica de 1997-98.
Para ajudar essas pessoas, os fiéis se organizaram. Algumas irmãs convenceram um não-cristão, proprietário de um pequeno restaurante chinês no vilarejo de Gungpyeong, a oferecer refeições gratuitas aos pobres e necessitados uma vez por semana. “É uma ajuda para muitos pobres do vilarejo”, explica à Fides Ir. Kim Yeong-ja. “O Natal é uma ocasião para sensibilizar toda a comunidade.” O mesmo caminho segue o Centro de Assistência “Jinju” da diocese de Masan, que no dia 26 de dezembro oferecerá almoço a mais de 230 pessoas, entre sem-teto e imigrantes.
Muitos profissionais também decidiram oferecer-se como voluntários. Nos escritórios da Arquidiocese de Seul, Maria Park Yong-suk oferece assistência gratuita aos imigrantes sobre problemas legais e para quem se encontra em situações de exploração. Em Deajeon, uma equipe médica oferece assistência a numerosos doentes e portadores de deficiências na região de Nonsan, incluindo tratamento sanitário e de ortodontia gratuito aos pobres.
O Centro Pastoral para os Migrantes em Seul organizará para as comunidades de imigrantes, que muitas vezes se encontram à margem da sociedade, uma Santa Missa no dia 24 de dezembro, da qual participarão os católicos vietnamitas, latino-americanos e filipinos; enquanto para a festa que será realizada no dia de Natal participarão imigrantes de todas as regiões.
Michaela Lee Seon-hui, uma voluntária católica de Seul, vai passar o Natal com uma anciã portadora de deficiência, que vive em um asilo de Seul. Ela conta à Fides o seu testemunho: “Perdi minha mãe no ano passado. Hoje, ela é como uma mãe para mim. Procuro ser suas mãos e seus pés. Compartilharei com ela o espírito do Natal”.
(PA) (Agência Fides 22/12/2003 Linhas 37 Palavras 413)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network