http://www.fides.org

Asia

2003-12-17

ÁSIA/IRAQUE - APELO DOS CRISTÃOS AOS HABITANTES DE MOSUL: “NÃO PERMITAM QUE UMA MINORIA DE EXTREMISTAS DANIFIQUE A IMAGEM SECULAR DE TOLERÂNCIA RELIGIOSA E DE CONVIVÊNCIA PACÍFICA DA CIDADE”

Bagdá (Agência Fides) – Intensifica-se a pressão do terrorismo islâmico sobre a comunidade cristã de Mosul, no norte do Iraque. Segundo fontes da Agência Fides, na semana passada, um grupo armado composto de pelo menos 10 pessoas invadiu durante a noite a sede do Patriarcado caldeu de Mosul. Os assaltantes não cometerem atos violentos, mas ameaçaram os presentes: “Vejam, podemos atingi-los quando e como quisermos”.
Este episódio ocorreu depois de uma série de atos intimidadores, entre os quais cartas anônimas com ameaças deixadas sob a porta do Episcopado Caldeu. As cartas ameaçavam de morte os cristãos que não se converterem ao Islã. Algumas continham um número telefônico, onde uma mensagem gravada propunha a conversão ou a morte.
Os chefes religiosos lançaram um apelo a todos os cidadãos de Mosul para que os extremistas e os delinquentes sejam isolados do restante da população. “É a única estrada que pode ser percorrida”, afirma uma fonte local da Agência Fides. “Não podemos pedir a proteção das tropas norte-americanas, senão corremos o risco de aguçar ainda mais o ódio dos extremistas e de sermos vistos como traidores do Iraque. A polícia local ainda é muito frágil para garantir uma proteção eficaz. Acreditamos que somente a arma do diálogo possa nos defender do extremismo”.
“Graças a Deus, continua a fonte da Agência Fides, “temos um bom relacionamento com os chefes muçulmanos”. Pedimos a eles que não prevaleça uma visão fundamentalista da religião e que seja possível continuar a viver em paz um ao lado do outro. O sentido da nossa mensagem a todos os habitantes de Mosul é exatamente este: não permitir que uma minoria de extremistas danifique a imagem secular de tolerância religiosa e de convivência pacífica da cidade”. (L.M.) (Agência Fides 17/12/2003, Linhas 27 Palavras 316)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network