http://www.fides.org

Vaticano

2003-12-12

VATICANO - O PAPA AOS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS: “É INDIPENSÁVEL QUE A EUROPA DE HOJE SALVAGUARDE O SEU PATRIMÔNIO DE VALORES, E RECONHEÇA QUE O CRISTIANISMO FOI A PRINCIPAL FORÇA CAPAZ DE PROMOVÊ-LOS, CONCILIÁ-LOS E CONSOLIDÁ-LOS”

Cidade do Vaticano (Agência Fides) - "Não temas, sou eu que te ajudo” (Is 41,13). A promessa de Deus, ressoada pelo Profeta, encontrou plena atuação no nascimento de Jesus em Belém. Nele, Deus se fez um de nós! Eis o motivo pelo qual não devemos temer. O Advento que estamos vivendo nos exorta à esperança.” Com essas palavras, o Santo Padre João Paulo II iniciou a sua homilia durante a Celebração Eucarística para os Estudantes Universitários dos Ateneus Romanos em preparação ao Santo Natal, celebrada na tarde da quinta-feira, dia 11 de dezembro, na Patriarcal Basílica Vaticana.
“Eu os encorajo, caríssimos, de modo que seus percursos de formação sejam estimulados pela busca contínua de Deus – prosseguiu o Santo Padre -. Não se detenham diante das dúvidas e das dificuldades. Deus, assegura o Profeta, os toma pela sua destra” (Is 41,13), está com vocês. A sua confortadora companhia os tornará ainda mais conscientes da missão que são chamados a desenvolver no âmbito universitário.”
Ao recordar o Congresso dos Delegados nacionais da Pastoral Universitária promovido pelo Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE), que se realizou de 9 a 11 de dezembro, o Santo Padre destacou a “importância do processo de integração européia” e exortou os jovens com essas palavras: “Para este processo, vocês também do mundo universitário devem oferecer sua contribuição. Para a unidade da Europa, as estruturas socais, políticas e econômicas têm certamente grande importância, mas não se deve de modo algum ignorar os aspectos humanitários e espirituais. É indispensável que a Europa de hoje salvaguarde o seu patrimônio de valores, e reconheça que o cristianismo foi a principal a força capaz de promovê-los, conciliá-los e consolidá-los. O Natal constitui a ocasião privilegiada para destacar um dos valores cristãos mais vividos. Com o nascimento de Jesus, na simplicidade e na pobreza de Belém, Deus deu novamente dignidade à existência de todo ser humano; ofereceu a todos a possibilidade de participar da sua própria vida divina. Que esse dom incomensurável possa sempre encontrar corações prontos a recebê-lo!
(S.L.) (Agência Fides 12/12/2003 – Linhas 24; Palavras 332)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network