http://www.fides.org

Asia

2003-12-03

ÁSIA/IRAQUE -SINAIS DE ESPERANÇA: O CORREIO É REATIVADO E ESTÁ EM ADESTRAMENTO O NOVO EXÉRCITO PARA GARANTIR A SEGURANÇA DO PAÍS

Bagdá (Agência Fides) – Do Iraque não chegam somente notícias de mortes, destruição e feridos. “Faz mais estardalhaço um árvore que cai do que uma floresta que cresce”, afirma à Agência Fides Pe. Nizar Semaan, sacerdote sírio da diocese de Ninive. “Exatamente nesses dias, no Iraque, os correios foram reabertos. Se pensarmos que antes uma carta demorava pelo menos um mês para chegar, se chegava, a retomada do serviço postal constitui um processo de retorno à normalidade. O país ainda vive certamente um situação dramática, mas existem várias regiões tranquilas. Por exemplo, no norte do Iraque, em numerosos vilarejos, se vive quase uma vida normal. As escolas estão abertas, os funcionários públicos voltaram ao trabalho ou recebem o salário. São os operários e suas famílias que vivem as maiores dificuldades. Infelizmente, faltam os materiais para construção e muitas empresas estão fechadas, deixando em casa, sem salários, seus funcionários”.
“Em Bagdá ainda se respira um clima tenso. À noite, nas famílias, as pessoas organizam turnos de vigilância para impedir furtos e roubos. Enquanto no norte os telefones em geral voltaram a funcionar, em diversos quarteirões da capital o serviço ainda não foi normalizado”, afirma o sacerdote iraquiano.
“Estou convencido, porém, de que com o tempo a situação pode melhorar. A condição essencial é a volta da segurança, que deve ser garantida pela polícia e pelo exército iraquianos. Perto de Mosul, existe um campo de adestramento do novo Exército nacional. Entre os novos recrutas, há também cristãos. Daquilo que soube, foram recrutadas pessoas confiáveis. Nesses dias, o segundo escalão de novos soldados entrou em serviço. Espero que sejam eles a restabelecer a paz no país, a garantir a ordem e a segurança, condições indispensáveis para dar um futuro a um povo assim tão provado por anos de guerra”, conclui Padre Nizar. (L.M.) (Agência Fides 3/12/2003,Linhas 26 Palavras 342)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network