Instrumentum mensis Decembris pro lectura Magisterii Summi Pontifici Benedicti XVI pro evangelizatione in terris missionum

Sábado, 13 Janeiro 2007

Como todos os anos, um dos momentos mais importantes do mês de dezembro é constituído pela audiência que o Santo Padre concede aos membros da Cúria Romana pouco antes do Natal, para a troca de felicitações. Nesta circunstância, o Papa Bento XVI relembrou as passagens mais importantes do ano que se encerra e, em particular, quis recordar as suas Viagens Apostólicas. O Papa evidenciou que a correlação do tema “Deus” com o tema “paz” foi o aspecto determinante das quatro Viagens Apostólicas realizadas por ele. A Visita pastoral à Polônia, país natal do Papa João Paulo II, “foi para mim um íntimo dever de gratidão por tudo aquilo que ele, durante o quarto de século do seu serviço, doou a mim pessoalmente e sobretudo à Igreja e ao mundo”. A viagem à Espanha, a Valença, para o Encontro Mundial das Famílias, foi uma ocasião na qual o Santo Padre pôde se conscientizar do grave problema da Europa, “que aparentemente quase não quer mais ter filhos”, um problema que - disse o Pontífice - “penetrou-me na alma”. O grande tema da viagem à Alemanha foi Deus. “A Igreja deve falar de tantas coisas: de todas as questões relacionadas com o ser homem, da própria estrutura e da própria ordenação. Mas o seu tema verdadeiro- e sob certos aspectos único - é Deus”, disse Bento XVI. Por fim, “a visita à Turquia” que - são palavras do Santo Padre - “ofereceu-me a ocasião para ilustrar publicamente o meu respeito pela Religião islâmica”.


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network