ÁFRICA/BURUNDI - OS BISPOS AOS POLÍTICOS DE BURUNDI: “PEÇAMOS PARA QUE O ESPÍRITO DE DIÁLOGO CONTINUE A GUIAR-NOS NA CRIAÇÃO DE INSTITUIÇÕES POLÍTICAS CAPAZES DE ASSEGURAR TODOS OS BURUNDINESES”

Sábado, 3 Maio 2003

Bujumbura (Agência Fides) – Os Bispos burundineses lançam um novo forte apelo pela paz para o seus países, após a mensagem à nação de março (ver Fides 25 de março de 2003). Dirigindo-se ainda uma vez aos responsáveis políticos e aos cidadãos de Burundi, os Bispos pedem que “o espírito de diálogo continue a olhar-nos na criação de instituições políticas capazes de assegurar todos os burundineses”. Os Bispos porém denunciam também “os sinais que semeiam a dúvida e o medo. a guerra que continua a imperar. E são sobretudo os simples cidadãos a sofrer as consequências. Os homicídios , quase sempre contra pessoas com responsabilidades de base, reapareceram, aumentaram os ráptos cometidos por pessoas armadas, quase sempre com uniforme militar. Existem pessoas que semeiam a discórdia e a divisão nos quartéis da cidade e dobre as colinas”.
Para resolver esta situação, os responsáveis da Igreja católica dirigem um forte apelo aos responsáveis políticos. “ Salvem os burundineses da guerra. consagreis todos os vossos esforços para a manutenção da paz. Não é aceitável que o povo seja continuamente vítima da guerra, peçamos aos combatentes que apliquem as convenções internacionais relativas à proteção da população civil. E aqueles que violarem estas convenções sejam perseguidos e punidos conforme o direito internacional”.(L.M) (Agência Fides 2/5/2003; linhas: 24; palavras:260)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network